Mostrar mensagens com a etiqueta poema erotico. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta poema erotico. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Um sussurrar falado


 Por mais de um sabor
Ou dois,
vou demorar;
lábios contra os lábios,
suavemente contra o macio.
Vou demorar

Nos olhos,
uma prisão,
visões de doçura,
de suor, de luxúria;
do pecado, o desejo
é a flor na minha fome decadente.

Danço em ti Woman
círculos em toda a minha língua,
ao redor, através,
despertar e despertar sussurros leiloadas
no meio de paixões;
beber até que o meu apetite é desnudado
por um momento ou dois.
na minha civilização

A minha sombra, teu toque,
o meu sagrado... segredo
refeito em oração,
palavras que choramos
em respirações de consumação.

Perfeição
Como irei fugir se tenho sentido,
incontáveis  facadas de prazer
da boca descida  por ti "Woman In Chains"
Caminho apenas ao encontro do prazer e talvez
a nossa felicidade

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Imagino

Deito-me... espero por ti…
Que chegues…
Acendas o desejo …
Entregues, o teu corpo ao pecado…
Na paixão...
Aquela que queima a alma...
E incendeia o corpo…
O toque… da tua boca
… do teu corpo...cada carícia...
…cada afago...cada dentada
Sinto o desejo…
Amo-te em cada momento
Amarei-te ate que …. Nós separe…
Mas agora…
que espero por ti…
Nesta cama fria, com o molde do teu corpo
Penso … como vou sentir teu corpo
Se preciso dele agora