Mostrar mensagens com a etiqueta Humor. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Humor. Mostrar todas as mensagens

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Somos únicos carago, somos os maiores



SER PORTUGUÊS É:

  1. Levar arroz de frango para a praia.

  2. Guardar as cuecas velhas para polir o carro.

  3. Lavar o carro na rua, ao domingo.

  4. Ter pelo menos duas camisas traficadas da Lacoste e uma da Tommy (de cor amarelo-canário e azul-cueca).
  5. Passar o domingo no shopping.

  6. Tirar a cera dos ouvidos com a chave do carro ou com a tampa da esferográfica.

  7. Ter bigode.

  8. Viajar pró cu de Judas e encontrar outro Tuga no restaurante.

  9. Receber visitas e ir logo mostrar a casa toda.

  10. Enfeitar as estantes da sala com os presentes do casamento.

  11. Exigir que lhe chamem 'Doutor'.

  12. Exigir que o tratem por Sr. Engenheiro.

  13. Axaxinar o Portuguex ao eskrever.

  14. Gastar 50 mil euros no Mercedes C220 cdi, mas não comprar o kit mãos-livres, porque 'é caro'.
  15. Já ter 'ido à bruxa'.

  16. Filhos baptizados e de catecismo na mão, mas nunca pôr os pés na igreja.

  17. Não ser racista, mas abrir uma excepção com os ciganos.

  18. Ir de carro para todo o lado, aconteça o que acontecer, e pelo menos, a 500 metros de casa.

  19. Conduzir sempre pela faixa da esquerda da auto-estrada (a da direita é para os camiões).

  20. Cometer 3 infracções ao código da estrada, por quilómetro percorrido!!!

  21. Ter três telemóveis.

  22. Gastar uma fortuna no telemóvel mas pensar duas vezes antes de ir ao dentista.

  23. Ir à bola, comprar o bilhete 'prá-geral' e saltar 'prá-central'.

  24. Viver em casa dos pais até aos 30 anos ou mais.

  25. Ser mal atendido num serviço, ficar lixado da vida, mas não reclamar por escrito 'porque não se quer aborrecer'.

  26. Falar mal do Governo eleito e esquecer-se que votou nele.

Viva Portugal, carago...

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Ontem / noite




Ontem fui esquecer a tristeza/lá fui até a rua dançar/divertir não faz mal/é época de crise/ninguém leva à mal/vesti uma roupa quentinha/e fui dar a perninha/e sai da minha casinha/ até conheci uma menininha/ que é um pouco atrevidinha/mesmo estando com roupinha/toda ela estava quentinha/como ela toda balançava/ Alegrava todos que a olhavam/acabei esta noite/ deitadinho com a menininha/ esqueci a tristeza/ esqueci que vinha tristinho.