Mostrar mensagens com a etiqueta Poema. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Poema. Mostrar todas as mensagens

sábado, 26 de abril de 2014

Aguas que passam


Diante dos meus olhos, a fortuna
está parada (ao longe), numa suspensão afinada...
O coração naufraga por inteiro,
sinto o beijo num espelho de águas turvas ...
Toque calmo e sereno, 

e a praia lembra um baile por dançar.
onde areia é uma pista para não bailar
Quem sonha!!sonha, o resto são águas do mar
o meu luxo é ver: ao longe o mar
ou talvez moças de mamas nuas e redondas
que fingem sorrir nas ondas do mar.

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Como queria…

Ai!! como eu queria
Sentir o abafar da tua mão
limite paixaoNeste meu corpo teu!!
Como queria
Sentir essa boca, e o sabor que ela trás
O gosto de pimenta com fel
Como eu queria
Estar ao teu lado, de olhos atados
E sentir o prazer nas palavras
O desejo que vem no teu olhar
Como eu queria
Sonhar de olhos abertos
E ver….
Eu ...tu ...e nós
Ai como eu queria

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Rio

 O Meu rio corre para ti.
Céu azul, palavras tão certas
O Meu rio aguarda resposta.
O céu, olha graciosamente. 
Vou buscar-te aos ribeiros
De recantos manchados.
Diga, céu!!
Leve-me! apenas ao encontro.