quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Desabafo....

Ó Deus!adoro esta mulher
e o seu riso debuxando a prazer
descuidado apenas em meras paragens
um lampejo de coxa, "saia" voando alto, enquanto a saliva entra em combustão
talvez-eu-não conquiste, quando escorrego na napa áspera.  

Discussão pela partilha, alimentando a luxúria
uma excitação fácil
língua solta
insinuando com palavras pecadoras
e os quadris e os quadris
estranhos membros quentes em camas desfeitas
sou um livro aberto
um homem feliz.  

Tão rápida e forte
ela  carrega uma arma
sobrecarregando todos os sentidos
até que enrola a boca doce
gritando “ merda”  que ele talvez quer mais.

Sou um homem de “ muito mais”
 um homem de verdade
conduzo a  arte
no meu coração
quero apenas colisões com a carne.  

Trabalho de porta aberta
mais e muito mais
com um punho cheio de cabelos escuros
vejo a  boca dela trazendo saliva de tesão
e depois... e depois??

Os insultos  que até gosto
diz ela pra mim “ Só tua cabrão”
será aquele momento perfeito ?
Pois para mim, perfeito é estar ao lado dela...

0 comentários: