segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Querida Catarina

Minha querida filha, sabes que vivi tempos complicados, só tu sentiste cada lágrima que deixei. Ainda hoje vejo em cada criança, a visão do teu lindo rosto, o brilho dos teus olhos, a voz do teu chamar.

Minha querida Catarina, hoje voltei a chorar, não choro de tristeza, mas de alegria... filhota.. choro porque a tua mana, esta grande e linda. Sei que estas feliz minha princesa, sinto a tua alegria, como também sentes a minha . Quero ser o melhor pai do mundo, quero que olhes por mim e pela tua irmã Melissa.

Minha querida Catarina
o teu pai.

1 comentários:

José Navalho disse...

Aquele grande abraço...amigo de corridas e do seu amigo.
Estou por aqui
Já sabes
Não te preciso de dizer.