quinta-feira, 22 de maio de 2014

Saudade(s)

Sinto saudades. Saudades da voz... Saudades dos nossos momentos apaixonados. Saudades de conversar, perguntar pelo teu dia, e contar como foi o meu dia. Tenho saudades do lugar onde ia encontrar, saudades do teu sorriso, saudades do meu sorriso, saudades de rir.

Saudades ligar te e dizer “ tenho saudades”, saudades das madrugadas com a tua voz em mim.

Saudades do meu ciúme, saudade do teu ciúme. Saudades dos meus medos, da minha conquista. Saudades da maneira como tu te preocupavas comigo, saudades da minha fraqueza em ti, saudades da minha força por ti.

Saudades do nosso primeiro beijo e do último também.

Tenho saudades ouvir a tua música” woman”. Tenho saudades sair de casa tarde para ir ao encontro. Tenho saudades do teu cheiro, da tua mão na minha, da minha mão em ti.

Tenho saudades do abraço. Tenho saudades do perigo vivido no esconderijo. Tenho saudades dos jogos perigosos prometidos. Tenho saudades do perigo que tu eras. Tenho saudades das noites ao telefone. Tenho saudades do suspiro dado por mim e por ti.

Tenho saudades chamar pelo nome. Tenho  chorar por nós. Tenho saudades ficares chateada comigo. Tenho saudades do teu “ Basta”. Tenho saudades ser apenas “ TEU”.

Saudades pedir desculpa por algo. Tenho saudades da nossa história, das páginas que faltaram no meu livro. Saudades dos poemas que escrevia para ti

Saudades saber que tu, lias. Tenho saudades do nosso namoro , onde só éramos eu e tu. Saudades do casamento não realizado. Saudades dos filhos não nascidos. Saudades da partilha não partilhada. Saudades dos sonhos, que ficaram na gaveta.

Nesta confusão de saudades, dói saber que tudo um dia será para outra pessoa. Alguém que não conheço mais já odeio, e outra pessoa que voltara a despertar em mim, esta saudade.

Um dia  falei “Se amar dói assim tanto, prefiro não amar”, mais a saudades afinal dói muito mais.

Hoje tenho saudades de ti, saudades minhas e saudades de nós....

0 comentários: