terça-feira, 22 de outubro de 2013

Jardim



...vens agora que serei teu... ESTADO DE EXTASE... DE MIM PARA TI...
DELÍRIOS MEUS...

..lembras-te das minhas palavras? ... minha incansável busca? ...vem.. vem para mim... vem desinibida, despida e livre... vem para amar-me... pq necessito ser amado, e desejo amar... isto é infinito em mim, tu queres?

Queres que eu ame como a uma Divindade, idolatrar-te, deliciar-te dos pés a tua cabeça, em cada pedaço teu? ...então vem... meu desejo, vem sem culpas e sem medos... pois  amarei como nunca fostes amada antes...ou em toda tua vida!!

Porque eu sei que o que tens dentro de ti, é o que quero para mim... sentarei no pedestal, ajoelharei-me nos teus pés, e  implorarei-te amor... em lágrimas a desejar-te... deixe-me... deixe-me tocar os teus pés... acariciar tuas pernas... e deitar meu corpo em teu colo.. e que tuas mãos afaguem meus cabelos, dizendo-me ..meu menino... sou tua... fazes o que desejas de mim... permito!!! ..então sorrateiramente subirei em teu colo e beijarei a boca... 

passarei minha língua dentre teus dentes, com minhas mãos a prender teus cabelos, com força para que não te perder .... e assim... eu possa  tirar o oxigénio todo para mim, e tu sem ar a desejar-me pois somente eu poderei dar tua vida de volta... passarei minha língua no teu rosto... lavo a  tua saliva... e descerei em teu corpo... passarei minha língua nos teus mamilos, onde eles ao meu toque enrijecerão, irei ao outro lado... o mesmo acontece... estás a explodir... e eu como macho no cio não consigo parar, pois sinto-te minha... somente minha... estou sem ar... sem saliva... com teu peito a arder... e meu sexo húmido...

mas não consigo ... não consigo parar... tamanha é minha necessidade de ti... deixe-me colocar-me com a a boca... deixe-me acariciá-la como se ela (teu sexo) fosse meu troféu, como se ela o estivesse a explodir para mim... esperando somente por meu toque e meu prazer... pegue tua mão e coloque-a em mim e perceba o quanto estou afagado de prazer por ti, pego tuas mãos e peço-te... toque-me... toque-me... desbrava-me e veja... a quentura que estou sentindo... por ti... e tu passas tua mão por mim... dizes, gemes e gritas... ohhhhhhh ...como desejo... sem pensar sentas em cima do meu sexo... e ele penetra-te bem profundo...sinto-o no teu estômago, mas não paro, pois eu o quero dentro de ti... beijo-te com volúpia, êxtase... e tu jogas-me ao chão, pois queres-me onde  pareço um animal, pois assim posso cavalgar puxando-te pelos longos cabelos e tu sentes o teu CAVALEIRO...

levantas-te comigo dentro, e por onde desejas, e beijas-me a boca, e depois joga-me novamente para baixo e continuas a cavalgar e a urrar como uma DEUSA... e eu a rebolar em oito sem parar suado e sem ar... Implorando-te para que não pares... não pares nunca... porque quero teu sabor, para sermos nesta hora... um só. CORPO ... ALMA... E ESPÍRITO!!! 

0 comentários: