sábado, 16 de fevereiro de 2013

Somos um do outro...


Não vou calar-me! 

Em nenhum momento pretendo, fechar minha boca, sou um amante da tua  imagem, sou um louco enrolado naquilo és para mim. 


Digo agora o que me consome, e que me deixa sem nome, são os sonhos divididos por duas mentes tão iguais.

Devido a conceitos surreais, por coisas tão banais para se sobressair, contigo quero incendiar o meu corpo, na escada do prédio, dentro do carro, numa duna da praia, em lugares proibidos, contigo quero tudo.

Podes gritar com minha alma e mostrar ao mundo a nossa  grandeza. Quero falar à todos como sou teu, quero colocar na 1º página um qualquer jornal o meu amor por ti.

Não vou calar tal como os grandes homens de um antigamente muito presente. Quero conquistar ainda mais cada pedaço da tua alma, como cada canto do teu corpo. 

Vou fechar os olhos e com clareza, ajoelhar-me aos teus pés, com esta voz que tu muito desejas, pedir, não a tua mão.. mas tudo que tu és.....

Troco em sorrisos as minhas palavras, és minha… Não em frente a Deus, mas no nosso mundo, unimos as mãos, fechamos com uma chave deitada ao mar, o coração de cada um… eu sou teu, tu és minha.

0 comentários: